twitter
    Find out what I'm doing, Follow Me :)

Estudo sugere consumo da cerveja após atividade física

A bebida preferida dos brasileiros acaba de ganhar o aval da ciência, que liberou o seu consumo por atletas. Além de matar a sede e relaxar, a cerveja ajuda na recuperação após a prática de atividade física.
A afirmação é do Conselho Superior de Investigações Científicas da Espanha, que apresentou um estudo defendendo o consumo moderado da bebida como fonte de hidratação diária. O documento garante que os componentes da cerveja ajudam na recuperação do sistema de defesa do organismo e do metabolismo hormonal e ajuda na prevenção de dores musculares.

Encabeçada por David Jimenez, do departamento de fisiologia da Universidade de Granada, a pesquisa acompanhou 16 atletas universitários com idades entre 20 e 30 anos que alcançavam velocidade aeróbia máxima de 14 km/h. 

Todos eles eram consumidores moderados de cerveja, mantinham uma dieta mediterrênea – baseada na ingestão de grande quantidade de frutas, hortaliças, cereais, oleaginosas, como amêndoas, azeitonas e nozes, peixes e azeite de oliva -e não tinham histórico familiar de alcoolismo.

Durante três semanas, os atletas passaram por baterias diárias de 1 hora de corrida sob calor de 35ºC e umidade relativa do ar de 60% e tinham duas horas para se hidratarem. Nesse intervalo, bebiam água ou cerveja, alternando as bebidas em cada bateria para que os resultados fossem comparados. 

Os cientistas concluíram que a cerveja permite recuperar não apenas as perdas hídricas – ela contém 95% de água – , mas as alterações do metabolismo tão bem quanto a água. Mas eles fazem um alerta: o consumo deve ser moderado, ou seja, três tulipas de 200 ml para homens e duas para mulheres. 

A cerveja é uma das bebidas com o menor teor de álcool, cerca de 5% em média, e possui apenas 90 calorias por tulipa (200 ml), ou seja, o mesmo que um copo de suco de laranja. "O baixo conteúdo alcoólico da cerveja é totalmente compatível com o rendimento esportivo de alto nível, desde que se leve em conta que a quantidade ingerida seja adequada à capacidade de o corpo metabolizar o álcool", explicou Juan Antonio Corbalán, cardiologista e ex-jogador de basquete da seleção espanhola. Segundo ele, a cerveja é a primeira bebida para o esportista depois da água.

O cientista afirma que a cerveja poderia ser uma bebida alternativa ou complementar aos sport drinks depois do treino, desde que para adultos saudáveis habituados a consumi-la. "Mas quero deixar claro que não apoiamos o consumo descontrolado de cerveja sob nenhuma circunstância ou em populações especiais, como jovens, grávidas, pessoas que estão dirigindo etc."
Por : Karina Bernardino ( ethikasaude.com )  
 

1 comentários:

Carga internacional disse...

Interesantee sta recomendación.

Postar um comentário