twitter
    Find out what I'm doing, Follow Me :)

Como e onde apreciar charutos ?

O hábito de fumar charuto, predominantemente masculino, tem regras e lugares especiais. Mas a primeira, claro, é saber que o fumo é feito para adultos, conscientes de que prejudica a saúde. “A regra mais importante é fumar devagar. Se não fizer isso, o charuto esquenta demais e perde o sabor”, diz o especialistas.

Regras básicas

O charuto vem fechado de um dos lados, o que se coloca na boca, e você precisa cortar, com a ajuda de um cortador de charutos, a folha que envolve essa extremidade. “A dica é cortar o charuto bem rente à ponta. O mínimo possível”, ensina Beto. “Também é preciso acender bem, para que não fique apagado de nenhum lado. Acenda, assopre a brasa e veja se está queimando por completo”.

Aos novos charuteiros

Outras dicas para a apreciação são não tragar como se fosse um cigarro e fumar até o final. “O prazer está no sabor que ele deixa na boca, por isso não precisa tragar. E é bom fumar até o final. Não deixar para reacender depois, pois ele fica amargo, principalmente se for deixado para o dia seguinte”. Portanto, espere um momento tranquilo para acender um charuto. “Eu fumo um por dia. No máximo, dois. Eu elejo o final do dia, quando chego em casa e relaxo”, afinal, um charuto dura, mais ou menos, uma hora e meia.

Não bata a cinza

Existe uma outra dica que é nunca bater a cinza do charuto. Deixe que ela caia sozinha. “Esse regra existe porque a cinza forma uma barreira para o ar, quando você fuma. E com isso o ar demora mais para chegar à boca, o que ajuda a manter o sabor”, explica. E é por isso que é preciso um cinzeiro apropriado para charutos, que não permitem que a cinza encoste no cinzeiro, derrubando-a.

Armazenamento correto

A armazenagem tem que ser cuidadosa. “O ideal é uma caixa para charutos. Se não houver, a pessoa precisa deixar em um lugar fresco, longe do ar-condicionado, pois ele resseca o produto”. As caixas que Ranieri comenta são feitas em madeira, tem um recipiente para colocar água e um medidor de umidade. Os preços variam entre R$ 900 e R$ 3 mil.

“Os charutos precisam ter a umidade certa. Mas não é como um vinho, que fica melhor com o tempo. Ao contrário. Não é bom guardar por muitos anos, principalmente se você não tiver as condições ideais”. E Ranieri divide um segredinho. “Quando eu viajo e não levo uma caixa própria para guardar meus charutos, deixo-os no banheiro, pois é um lugar sempre úmido, por causa do chuveiro”.

Compre certo

Os charutos, hoje em dia, são vendidos em muitos lugares. Até em bancas de jornal. “Eu não aconselho a comprar em qualquer lugar, porque não estão guardados à temperatura ideal”. E para saber se o charuto está bom, ele dá ensina uma tática. “Aperte o charuto. Se a folha estiver ressecada e quebradiça, não está bom”. is: iG

0 comentários:

Postar um comentário