twitter
    Find out what I'm doing, Follow Me :)

Chefes: bons ou maus exemplos?



Chefes não são exemplos para 70% dos empregados dos Estados Unidos (aposto que aqui no Brasil não deve ser muito diferente), e quase metade dos trabalhadores não respeita o seu chefe. Mais: apenas metade dos funcionários acredita que o seu chefe é competente.

Os dados são de uma pesquisa encomendada pela Randstad USA, braço da segunda maior empresa de recrutamento profissional do mundo, que aponta ainda que menos de 30% dos entrevistados vêem os seus chefes como motivadores, exemplos ou mentores.

O estudo concluiu ainda que a crescente crise financeira levou as empresas a investirem apenas em pontos prioritários das despesas com empregados. “O desenvolvimento ético e profissional dos funcionários deveria ser sempre uma prioridade para os patrões, especialmente numa crise financeira, quando os empregados sentem-se mais pressionados”, afirma Eric Buntin, director da Randstad.


A pesquisa, feita pela Internet com 2.337 pessoas, também mostrou que apenas 43% dos empregados consideram o chefe aberto a novas ideias, e 47% fazem horas extra para impressionar o seu superior e garantir o emprego, especialmente as mulheres.
Fonte: xicoriasexicoracoes.

0 comentários:

Postar um comentário